questões frequentes

Tem alguma dúvida sobre a rrrciclo, sobre biorresíduos, compostagem ou outro assunto? Confira as respostas às questões mais frequentes e, se ainda tiver dúvidas, contacte-nos pelo e-mail rrrciclo@cm-guimaraes.pt

A RRRCICLO é a designação atribuída à estratégia global de Economia Circular assumida por Guimarães, que pretende alterar os modelos lineares de produção e consumo, por modelos circulares de partilha, reutilização, reparação, reintegração e reciclagem de materiais, reduzindo o desperdício ao mínimo.

São os resíduos de origem orgânica, como restos de comida, legumes e frutas, pão, bolos, cascas de ovos, café, sacos de chá, guardanapos e papel de cozinha entre outros.

Os resíduos orgânicos recolhidos nas habitações serão valorizados e servirão para fertilizar os espaços verdes do nosso concelho.

Os resíduos verdes, são os provenientes dos jardins das habitações, das pequenas podas e da limpeza da folha.

Não. Os resíduos verdes devem ser ensacados e/ou acondicionados, e agendada a recolha gratuita através da Vitrus Ambiente.

A decomposição dos materiais orgânicos liberta sempre alguns odores, todavia o contentor está preparado para os mitigar. No caso dos contentores de 10L poderá, inclusive, lavá-lo na máquina de lavar loiça após cada utilização.

Se reside numa das zonas onde já existe recolha de orgânicos, pode agendar a sua entrega através da sua Brigada Verde, Junta de Freguesia ou com a Vitrus Ambiente através do: 808 209 565

Pode consultar o manual de compostagem disponível em www.rrrciclo.pt, com toda a informação necessária para iniciar o processo.

Pode solicitar o seu compostor em: www.rrrciclo.pt. Os compostores serão disponibilizados por ordem de pedido. Após efetuar a inscrição deverá aguardar o contacto do Laboratório da Paisagem.

Pode requisitar mais do que um, de 10 e/ou 25 litros.

É um excelente fertilizante natural, rico em micronutrientes, sais, minerais, azoto e carbono, para utilizar no seu jardim ou vasos.

Sim, estão disponíveis compostores adaptados para apartamentos. Apesar disso aconselhamos a colocação dos mesmos em espaços exteriores como varandas.

Pode efetuar a compostagem no compostor comunitário no local definido pela sua Brigada Verde/Junta de Freguesia.

Sim. Por exemplo, no compostor doméstico não é aconselhado adicionar restos de comida cozinhada, com gordura ou molhos, uma vez que estes geram mais odores e podem atrair visitas indesejadas, como insetos.

Pode agendar a recolha do composto com a Vitrus Ambiente ou com o Laboratório da Paisagem. Este será depois utilizado nos espaços verdes do concelho.

O compostor deverá ser levantado nas instalações do Laboratório da Paisagem. No ato do levantamento deverá fazer-se acompanhar do seu número de contrato com a empresa Vimágua ou com a Câmara Municipal para que possa beneficiar da isenção da Taxa de Gestão de Resíduos (TGR).

É uma taxa do Governo aplicada juntamente com a tarifa de resíduos, que tem como objetivo desencorajar a deposição final em aterro do lixo indiferenciado, ao mesmo tempo que incentiva a redução da produção de resíduos e a separação e reciclagem de materiais. Assim, a valorização dos resíduos orgânicos permite a isenção desta taxa.

Após início comprovado da separação dos resíduos orgânicos, através da deposição em contentores, ou pela realização de compostagem doméstica. Para tal deverá facultar número de contrato da Vimágua ou da Câmara Municipal.

Aleatoriamente é verificado o cumprimento da compostagem doméstica, através de visitas, para poder manter este benefício. Quanto à recolha deverá comprovar com o uso dos sacos, para manter este benefício.

Os sacos para resíduos orgânicos estão disponíveis na sede da Vitrus ou através de requisição pelo número 800 209 565.

Pode entrar em contacto com as entidades envolvidas nomeadamente a Vitrus Ambiente (808 209 565) ou o Laboratório da Paisagem (253 421 218) ou através do e-mail: rrrciclo@cm-guimaraes.pt.