Mercado sem Plástico

Face ao flagelo dos problemas crescentes associados ao uso de plástico, desde a sua produção ao seu descarte, e que se tornam, nomeadamente, numa ameaça para as linhas de água, são diversas as estratégias que surgem em todo o mundo, como forma de mitigarem estes impactes.

Posto isto, o Município de Guimarães tem estabelecida uma estratégia para a eliminação e redução de Plásticos de uso único, focando-se na sensibilização dos cidadãos e na produção de alternativas, estabelecendo parcerias e promovendo compras ecológicas sendo que o plano de ação já identificou e implementou mais de 15 ações nas prioridades referidas.

O diagnóstico de locais que mais recorrem ao plástico de uso único, identificou o Mercado Municipal como um dos locais prioritários a intervir. Assim, s a ação teve início com um apelo à utilização de sacos de pano com a campanha “Eu não uso Plástico”. O segundo passo surgiu com a distribuição, anual, de mais de 75 mil sacos de frutas em legumes, 100% compostáveis, distribuídos aos comerciantes do Mercado Municipal de Guimarães, integrado no projeto Aqualastic do Laboratório da Paisagem.

Estes sacos apresentam inúmeras vantagens face aos de plásticos tradicionais, uma vez que se decompõe num curto espaço de tempo.

Esta estratégia está em linha com os compromissos assumidos na declaração de Redução de Plásticos promovido pela maior rede Europeia de Cidades – EUROCIES e na declaração Europeia das Cidades Circulares, da qual Guimarães foi uma das primeiras cidades subscritoras.